CENTRAL DIGITAL DE COMUNICAÇÕES

VERSÃO 03.30 DO SOFTWARE DA CENTRAL @OFFICE

Para efetuar o download da mais nova liberação da versão 3.30 clique aqui e, uma vez salvo em seu computador, vá para a página "Manutenção->Servidor->Atualização" em sua Central @Office e proceda como lá descrito.
Importante: Antes de instalar esta versão recomendamos a leitura do texto abaixo sobre as diferenças da versão 03.30 com relação ao release 03.21/0200.

Alterações disponíveis no release 03.30/0105

1. A tradução de endereços e portas (NAT) passa a poder ser feita também para acessos de fora (Internet) para dentro (Intranet). Isto possibilita que servidores específicos como, por exemplo, o servidor HTTP, possam estar na Intranet, sem ter endereço IP real a ainda assim serem acessados de fora (Internet). A configuração deste recurso é bastante simples e é feita na em "Configuração->Serviço IP->Mapeamento de Portas". Uma vez na página de configuração, selecione na parte inferior da tela o protocolo de transporte para o serviço (TCP ou UDP), a porta em que o serviço atende (Ex: 80 para HTTP) e o endereço IP de seu servidor na rede local. Pressione o botão "Adicionar" e observe que o mapeamento aparece na lista no topo da página. Para desfazer um mapeamento, selecione-o na parte superior da tela e pressione "Apagar".

2. Computadores da rede local que tenham necessidade de acesso permanente à Internet nos quais não se deseje ou não se possa executar o utilitário OFCLOGIN, podem ser configurados como "Nós Permanentes". Para faze-lo entre em "Configuração->Serviço IP->Nós Permamentes" e, na parte inferior da tela preencha o endereço IP do computador na rede local. Selecione a conexão que deverá ser usada e também as permissões de acesso. Pressione "Adicionar" e a seleção irá aparecer na parte superior da tela. Para desfazer, selecione o computador na parte superior da tela e pressione "Apagar".

3. Suporte a VPN Remota utilizando o protocolo PPTP com autenticação forte (CHAPMS2) e criptografia com chave de até 128 bits. Podem ser "fechados" até 16 túneis de VPN, contra computadores com Sistema Operacional que tenham suporte ao protocolo PPTP como, por exemplo, o Windows XP. Usuários do Windows 98 precisam fazer a atualização do DialUP Network se for necessário utilizar chaves de 128 bits. A configuração do protocolo PPTP na Central @Office é bastante simples. Entre em "Configuração->Serviço IP->Geral" e, na parte inferior da tela, selecione o número máximo de conexões (túneis) simultâneos, o protocolo de autenticação mínimo requerido (CHAPMS ou CHAPMS2) e a chave de criptografia mínima requerida (40, 56 ou 128 bits). Do ponto de vista funcional, tudo ocorre como uma conexão DIAL-IN, onde o processo de discagem via linha telefônica é substituido por uma conexão segura via Internet. As permissões de Dial-IN definidas para um usuário serão aplicadas para as conexões VPN, incluindo-se a senha necessária para autenticação. O(s) endereços IP são assinalados ao(s) nó(s) externos a partir do servidor DHCP e, portanto, é obrigatorio que este servidor esteja habilitado para o uso dos túneis VPN.

4. O envio de e-mails para fora pode ser feito utilizando-se o servidor SMTP do provedor ao invés de envio direto, mesmo quando não se utiliza conexões discadas. O envio direto de e-mails, principalmente em conexões PPPoE (ADSL autenticado) ficou bastante restrito atualmente por causa das estratégias adotadas pelos servidores de e-mail da Internet a fim de reduzir o SPAM. A partir da versao 03.30, o envio de e-mails pode ser configurado para ser feito através do servidor SMTP do provedor de hospedagem do seu domínio. Recomenda-se, entretanto, que este seja o modo utilizado em todas as situações. Configure os dados do servidor SMTP do Provedor de Acesso (ISP) em "Configurações->Correio", informando o nome do servidor SMTP (obtido do provedor) e, caso o servidor exija autenticação, o nome do usuário e senha para tal. O "check-box" Usar Sempre Servidor SMTP deverá ser habilitado o que fará que todos os e-mails para destinatários remotos sejam enviados ao servidor SMTP do ISP para posterior envio definitivo.

5. O WEBMAIL foi totalmente reformulado, permitindo uma navegação mais intuitiva e a abertura de, virtualmente, qualquer e-mail. O tratamento de anexos foi aprimorado e são separados em dois grupos: Mensagens anexas e Arquivos anexos. Ícones na canto superior direito da tela informam a existência de um ou de ambos os tipos de anexo, sendo o símbolo de um "clip" de papel indicativo de arquivos anexos e o símbolo de um envelope o indicativo de mensagens anexas.

6. O serviço de Manutenção de Mensagens de correio foi aprimorado permitindo uma melhor vizualização do estado dos e-mails além de facilitar a eliminação dos mesmos em caso de necessidade.

7. Foi implementado um mecanismo de "caching" (armazenamento) para os pedidos de resolução de nomes feitos para o(s) servidores DNS na Internet. Isto reduz o tráfico nas conexões externas pois os pedidos subsequentes de resolução dos nomes que já estejam no "cache" não são passados para o DNS externo.

8. As conexões DIAL-IN passam a poder ter o endereço IP passado para o discador obtido do servidor DHCP, bastando para isto configurar o IP como sendo dinâmico quando definir a conexão.

9. A varredura dos e-mails a procura de vírus foi totalmente reformulada para melhor detecta-los mesmo quando presentes no corpo do e-mail e não somente nos anexos.

10. O módulo agente AntiVírus passa a operar completamente autônomo, não sendo mais necessário passar pela fazer de geração do pacote RESCUE. Além de facilitar o processo, isso permite que o agente AntiVírus possa ser instalado em ambientes que não permitem a geração dos discos de RESCUE como, por exemplo, no Windows XP.

11. A instalação inicial da Central @Office não mais necessita do utilitário de configuração inicial do enedereço IP, máscara de sub-rede, nome de domínio e do servidor. A Central @Office passa a ser entregue com estes valores pré-definidos conforme a tabela abaixo, além de sair com o servidor DHCP habilitado. Com esta mudança a configuração inicial pode ser feita a partir de qualquer estação de trabalho mesmo que a mesma tenha endereço IP configurado dinamicamente. São os seguintes os valores pré-definidos:

Endereço IP: 192.168.3.1
Máscara de sub-rede: 255.255.255.0
Nome de domínio: local
Nome do servidor: Office

Estes valores compõem o padrões para a Central @Office e poderão ser alterados pelo instalador para atender às necessidades de cada cliente.

Note que caso a estação usada para configuração tenha endereço IP fixo este deverá estar configurado dentro da mesma sub-rede da Central @Office, isto é, 192.168.3.x/255.255.255.0, ou não será possível acessá-la.

12. Alteração no uso das telas de configuração. Todas as telas que apresentam uma lista para que se escolha o objeto a ser configurado como, por exemplo, Usuários, Conexões, etc., deixam de ter o botão de Seleção que ficava ao lado da lista. A seleção agora é mais simples, bastanto clicar no item desejado na própria lista.

13. Para melhorar a vizualização, a tela "Manutenção->Correio" exibe as caixas postais "Recebidas" "Enviadas" e "Correio de Voz" de todos os usuários.

14. Para facilitar a configuração de acessos remotos que exijam que seja informado o endereço MAC da placa de rede como, por exemplo, no serviço "@Jato", este endereço passa a ser apresentado na tela em "Manutenção->Conexões->Conexões" da Central @Office. Normalmente, a conexão externa (Internet) é através da Interface de rede "Lan Board 2", e é este endereço MAC que deverá ser informado à Central de Atendimento para habilitação do acesso.

15. Diversas modificações foram implementadas a fim de evitar ataques do tipo Denial Of Service (DOS) garantindo uma melhor segurança para a rede do usuário além de contribuir para uma maior estabilidade da Central @Office.

16. Foi liberado o servidor SMB para que a Central @Office possa ser utilizada como servidor de impressão para uma rede compatível com o protocolo SMB como a rede Windows. As impressora(s) podem ser conectada(s) à porta paralela (LPT) ou a uma porta USB. O nome com que estas impressoras são exportadas são:

\\@office\lpt_printer, para a impressora conectada à porta LPT;
\\@office\usb_printer, para a impressora conectada à porta USB;

Além das implementações e modificações descritas acima, diversas notificações de mal-funcionamento feitas pelos usuários foram corrigidas, das quais destacam-se:

No uso do serviço "@Jato", não ocorria a renovação do endereço IP após o vencimento do mesmo, obrigando a reinicialização da Central @Office;

Em um ambiente com tráfego excessivos de frames ARP poderia ocorrer o preenchimento completo dos buffers do sistema, causando uma grande lentidão no acesso à Central @Office;

Em conexões DSL autenticadas com o potocolo PPPoE como, por exemplo, o serviço Speedy Home, alguns sites não conseguiam ser acessados pois acabavam enviando pacotes maiores que os suportados pelo meio físico. A solução aplicada foi garantir que a negociação do tamanho do pacote no protocolo TCP não ultrapasse o limite físico da conexão;

Se fossem efetuadas diversas mudanças na configuração do DHCP, este se tornava inacessível exigindo que o servidor fosse inicializado;

Garantir que quando um usuário for eliminado do sistema, todas as suas caixas postais de e-mail e as mensagens de voz sejam eliminadas;

Quando o ramal de um usuário era (re)definido não era feita verificação se o mesmo já não existia permitindo que ocorresse duplicação deste. Neste caso as mensagens de voz iriam sempre para o usuário com nome que aparecia primeiro na lista classificada de nomes.