VirtuOS 2015™ Versão 4.11

Índice

1. Sobre a versão 4.11

   1.1 Documentos

2. Instalação e atualização

3. Suporte

4. Downloads

1. Sobre a versão 4.11

A Versão 4.11 é composta de dois tipos distintos de sistema, conforme segue:

  • Servidor (VIRTUOS.SYS): Sistema que pode ser configurado como servidor de rede, compartilhando seus discos e impressoras com as demais estações da rede, além de possibilitar a conexão de terminais secundários, sejam estes terminais burros conectados através de portas seriais ou terminais virtuais conectados através do protocolo Telnet utilizando o emulador de terminais PCTWIN que acompanha a distribuição do VirtuOS. Adicionalmente, o sistema servidor não tem nenhuma restrição quanto ao número de tarefas (máquinas virtuais) em execução simultaneamente, sendo o número máximo de tarefas limitado à quantidade de memória disponível. Este sistema exige uma licença de uso válida.

  • Workstation (VOSWS.SYS): Sistema destinado às estações de trabalho de uma rede. Não compartilham seus discos, mas podem compartilhar suas impressoras. São mono-usuário, isto é, não permitem a conexão de terminais, seja pelas portas seriais, seja via Telnet. É limitado a 6 (seis) tarefas (máquinas virtuais) sendo que, na prática, apenas 2 máquinas virtuais ficam disponíveis para uso, uma vez que as demais são utilizadas pelo sistema operacional para a carga de "device drivers". Não pode operar em modo stand-alone, isto é, exige a presença de um ou mais servidores na rede.

As diferenças básicas entre a versão 4.11 e sua antecessora (4.10a R.03) são as seguintes:

  • O driver USB agora suporta controladores 2.0.

  • O VirtuOS passa a poder criar, formatar e acessar partições FAT32 em qualquer lugar em um volume de até 2TB, limite máximo de tamanho de HD suportado. Até esta versão a partição tinha que residir nos primeiros 512GB do disco. Note que o tamanho máximo de uma partição FAT32 suportada pelo VirtuOS continua sendo de 512GB, limite este que, na prática não é importante. Partições grandes, de tamanho na casa de centenas de GB são, geralmente, criadas como NTFS e, portanto não acessíveis pelo VirtuOS.

IMPORTANTE:

Não deixe de verificar periodicamente os Service Packs liberados posteriormente para outras melhorias e/ou correções feitas ao sistema.

1.1 Documentos

Para maiores detalhes sobre as liberações e sobre alguns aspectos de funcionamento do VirtuOS, leia os documentos a seguir, que também se encontram na pasta \VIRTUOS em formato texto.

  • 411AR0X.RLS - Descreve com detalhes as varias liberações;
  • SERIAL.DOC - Discorre sobre o suporte a portas seriais pelo Virtuos, sejam estas presentes na Placa mãe, em placas Multi-Seriais PCI ou dispositivos seriais USB.
  • USB.DOC - Descreve o funcionamento do driver de controladores USB e os periféricos suportados.
  • SMB.DOC - Descreve o uso, configuração e limitações do servidor de arquivos que utiliza o protocolo padrão SMB, o que permite que máquinas utilizando os sistemas Windows(R), Linux ou qualquer outro que suporte este protocolo, tenham acesso a discos e impressoras em um servidor VirtuOS.

Se você está migrando da versão 3 para a versão 4, aconselhamos antes a leitura do descritivo da versão 4.00, e descritivo da versão 4.01, ambos em formato PDF.

2. Instalação e atualização

2.1 Instalação a partir do pacote completo

O pacote completo é fornecido em formato “ISO”, compatível com a maioria dos programas “queimadores” de CD-ROM. A imagem ISO contém todos os arquivos do Sistema Operacional, sua Documentação Técnica eletrônica e os ‘Kits’ de Desenvolvimento e respectiva documentação.

O CD-ROM obtido deve ser carregado no equipamento que utilizará o Sistema VirtuOS, para inicializar o sistema (‘Boot’), sendo esta a forma mais recomendada para instalação do Sistema.

As imagens de CD-ROM são identificadas pelo seu número de “Service Pack”. O número da versão do CD-ROM é obtido a partir do próprio nome do arquivo de imagem que tem o seguinte formato: “blvvv_sp.iso”, onde vvv representa a versão base do VirtuOS e sp o número do Service Pack. Assim, o arquivo bl411_01.iso contém o VirtuOS 4.11 no nível de Service Pack 01. O Service Pack 00 refere-se à liberação BASE da versão.

O documento PDF Guia Rápido de Instalação contém os passos iniciais para a instalação do sistema VirtuOS no equipamento.

Instalando a partir do CD-ROM:

1. Faça o download da imagem do pacote completo;
2. Grave um CD-ROM utilizando qualquer programa compatível com o formato "ISO";
3. Se for uma nova instalação:

  • Carregue (faça boot) a partir do CD-ROM;
  • Se necessário crie e formate a partição;
  • Copie o conteúdo do CD-ROM para o disco rígido;
  • Se a partição já existia, execute o comando VSYS u: /v para instalar setor de boot do VirtuOS (u: = unidade alvo)

4. Se estiver atualizando o sistema, simplesmente copie todo o conteúdo do CD-ROM para o disco rígido.

2.2 Atualização a partir dos pacotes de serviço (Service Packs)

Os Service Packs são pacotes de atualização para aqueles usuários que já têm a versão correspondente instalada. São arquivos em formato ".EXE".

Os service packs podem ser de dois tipos: cumulativo (contém todas as mudanças desde o lançamento da liberação BASE da versão) ou incremental (contém somente as mudanças em relação à liberação imediatamente anterior).

Atualizando a partir de um Service Pack:
1. Faça o download do arquivo do Service Pack;
2. Copie o arquivo para o diretório VirtuOS da máquina;
3. Execute o arquivo do Service Pack, o qual é auto-extraível;
4. Recarregue o sistema para fazer valer as alterações.


3. Suporte

Seguindo sua política de suporte, a Microbase torna a versão 4.11 como sendo a versão ativa, sobre a qual serão feitas todas as evoluções futuras.

A versão 4.10 entra em fase de suporte de uso e correções de problemas por 1 (um) ano a contar da data de publicação da versão 4.11, ou seja, até 16 de Fevereiro de 2016.

O suporte da versão 4.02 já havia sido encerrado anteriormente.

4. Downloads

A página de downloads contém todas as liberações desde a versão BASE (primeira liberação feita de uma determinada versão), até a liberação mais recente.

Clique aqui para ir para a página de downloads.

< Voltar